Você está aqui
Home > Entrevistas > Entrevista à jogadora Inês Brasil

Entrevista à jogadora Inês Brasil

Inês Brasil tem 12 anos de idade e pratica basquetebol há 6 anos no Fayal Sport Club. Tem integrado sempre as equipas de minibasquete do Fayal e na próxima época desportiva inicia uma nova fase da sua formação na área do basquetebol, passando a ser jogadora do escalão de Sub14.

 

Na sequência da participação da Inês no Jamboree Nacional de Minibasquete que se realizou em São Miguel de 8 a 14 de julho de 2013, efetuámos uma pequena entrevista para conhecermos também a sua participação neste evento do minibasquete.

 

 

Como é que correu a tua participação no Jamboree?

R: Correu muito bem, foi uma experiência que nunca esquecerei.

 

O que é para ti o Jamboree?

R: Para mim o Jamboree é um convívio entre jovens de todas as idades que jogam basquetebol e é uma experiência que só não desperta o gosto pelo basket, mas também desperta o nosso lado emocional, pois trazemos desta experiência muitas amizades, não só com os atletas mas também com os monitores.

 

Quantos atletas é que participaram?

R: Participaram cerca de 60 a 70 atletas.

 

Que atividades é que fizeste no Jamboree?

R: Fizemos muitas atividades desde ir à piscina, fazer atividades à noite, fazer um Peddy Papper, também fomos visitar a Lagoa das Sete Cidades, fizemos um Seringobol e a famosa gala do Jamboree.

 

Aprendeste coisas novas? O quê?

R: Sim, apreendi novas técnicas de minibasquete com o Sr. San Payo Araújo.

 

O que é que podes transmitir às tuas colegas sobre a tua participação no Jamboree?

R: Que é uma experiência fantástica que o minibasquete nos pode proporcionar, e se formos selecionados para o mesmo, devemos aproveitá-lo.

 

Há quantos anos é que jogas basquetebol?

R: Acerca de 6 anos.

 

Quem é que te influenciou para jogares basquetebol?

R: O meu pai e a minha irmã, desde que comecei a jogar basket eles apoiaram-me em tudo.

 

Na próxima época deixas o escalão de minibasquete e ingressas no escalão de sub14, que mensagem é que podes deixar para todas as jogadoras sobre o minibasquete?

R: A mensagem que posso deixar é que o minibasquete é a base de todo o sucesso, pois é no minibasquete que aprendemos o fundamental do basket como: driblar, passar etc… e nos outros anos aprofundamos o mesmo.

 

Foto: Participantes no Jamboree Nacional de Minibasquete, 8 a 14 de julho de 2013, São Miguel

Deixe uma resposta

Top